Sabia que 76% dos gestores portugueses considera prioritário investir em tecnologia?

Sabia que 76% dos gestores portugueses considera prioritário investir em tecnologia?

Um estudo feito recentemente pela QSP-Consultoria de Marketing revelou que as principais prioridades apontadas pelos gestores das empresas portuguesas são a criatividade, a integração de pessoas de diferentes culturas e a tecnologia.
76% dos gestores considerou que investir em tecnologia é prioritário. Sendo que 55% admitiu ter “dificuldades em implementar tantas novidades” em simultâneo e 57% reconheceu que não conseguia implementar novas tecnologias “rapidamente”.
Apesar da maioria…

Como construir relações de sucesso com os clientes (e crescer) - kwalit

Como construir relações de sucesso com os clientes (e crescer)!

Além de bons produtos/serviços e de uma boa marca, uma variável vital para o sucesso de qualquer empresa, é a relação que esta constrói e mantêm com os seus clientes.
No vídeo abaixo, Nadim Habid fala precisamente sobre isto em como construir relações de sucesso com os clientes.
Espreite aqui o vídeo, vale mesmo a pena ver!

As-empresas-que-não-investem-tecnologias-estão-condenadas-ao-insucesso-kwalit

As empresas que não investem em tecnologia estão condenadas ao insucesso?

Muitos gestores por falta de conhecimento,capital ou ainda por falta de cultura digital adiam cada vez mais a introdução das novas tecnologias nos seus negócios.
Será que esta realidade, que se reflete ainda em muitas empresas, poderá condená-las ao insucesso? Será que este é o caso da sua empresa?
Acompanhe esta reflexão sobre as novas tecnologias no artigo completo aqui e perceba o impacto…

Como-melhorar-a-concentração-das-empresas-com-o-mindfulness

Como melhorar a concentração nas empresas com o mindfulness!

De acordo com um estudo conduzido pela Universidade de Harvard passamos em média 47% do nosso tempo distraídos.
47% é uma percentagem elevada, que revela que passamos quase metade do nosso tempo distraídos!
Mas porquê é que andamos tão distraídos?
Bem as razões são várias, começando pelo impacto da tecnologia, a estonteante avalanche de informação que nos chega de tantas formas…