10-formas-de-arruinar-a-gestao-financeira-da-sua-empresa-kwalit

10 formas de arruinar a gestão financeira da sua empresa!

Sabe o que leva uma empresa à falência?
 
Bem na verdade são muitos os motivos mas os principais vão desde a falta de planeamento até à má gestão financeira.
 
Ou seja, uma boa gestão financeira não é a garantia da prosperidade do seu negócio mas sem sombra de dúvida que a falta dela é determinante para arruinar a sua empresa.
 
Para que isso não aconteça consulte o artigo completo e descubra as 10 formas mais comuns de arruinar a gestão financeira da sua empresa e como evitá-las aqui!

10 formas de arruinar a gestão financeira da sua empresa

 

1 Não separar as suas finanças pessoais das finanças da empresa

Muitos gestores cometem o erro de pagar contas pessoais com o cheque ou o cartão da empresa. E geralmente esse é o primeiro passo para perderem o controlo financeiro e desorganizarem as finanças da empresa.

Com contas separadas não só controla melhor os lançamentos nos extratos, os pagamentos e os gastos da sua empresa como não compromete o futuro das suas poupanças pessoais.

Por isso o ideal é ter contas separadas, uma para si e outra para a sua empresa.

 

2 Não fazer uma análise e controlo financeiro

Este talvez seja o problema mais comum dos gestores, especialmente em pequenas e médias empresas onde o gestor financeiro acarreta outra funções operacionais.

Nestes casos o tempo poderá ser mais escasso e a análise e o controlo financeiro acaba por se perder. 

Uma dica para ultrapassar este problema é separar uma 1 hora por dia para as finanças da sua empresa, para a pouco e pouco entrar novamente no ritmo e resgatar o controlo financeiro. 

 

3 Obter financiamentos de forma descontrolada

Para as empresas que necessitam de financiamento por exemplo para a aquisição de máquinas, estas devem procurar fazê-lo de forma controlada e sem comprometer a situação financeira da empresa no futuro.

Devem por isso estudar as reais necessidades da empresa para obter o empréstimo, quer no presente quer para o futuro, analisar as prioridades de pagamento e as melhores condições oferecidas pelo mercado bancário. 

 

4 Ter remunerações desproporcionais à situação financeira da empresa

Uma remuneração elevada dos sócios numa empresa em fase de crescimento ou numa situação financeira pouco estável poderá ter resultados desastrosos. Uma vez que poderá levar à descapitalização da empresa e à inviabilização de investimentos.

Os salários dos sócios devem ser por isso ponderados e proporcionais à situação financeira da empresa. Em alternativa a salários elevados os gestores podem definir uma percentagem dos lucros para atribuir com moderação aos sócios. 

 

5 Fazer investimentos mal planeados

Qualquer investimento que uma empresa faça, mesmo as oportunidades que surgem de última hora devem ser ponderadas tendo em conta:

  1. As necessidades da empresa;
  2. Os riscos associados;
  3. O futuro da empresa; 

 

Quer conhecer as restantes 5 formas mais comuns de arruinar a gestão financeira da sua empresa?

Consulte a continuação do artigo aqui.